terça-feira, 27 de março de 2012

Novo Filme Bíblico com Russell Crowe como Noé em versão apocalíptica



O diretor Darren Aronofsky, que ficou famoso depois que seu filme Cisne Negro foi indicado ao Oscar, vem anunciando a mais de um ano que deseja fazer um filme baseado na história bíblica da Arca de Noé.
Porém, sua intenção é adaptá-lo para uma versão “apocalíptica”. Nesse caso, Noé estará vivendo no final dos tempos. Para mim, o apocalipse do nosso clima é o grande tema do momento. Basta ver o que está acontecendo no planeta”, disse o diretor ao jornal britânico The Guardian.

O custo estimado da história de Noé é de US$ 130 milhões. As filmagens começam em julho e passará por Nova York e Islândia. A previsão é que chegue aos cinemas no final de 2013.

Christian Bale (de Batman) foi cotado para ser o protagonista, mas o ator não está disponível e será substituído por Russell Crowe (de Gladiador).
A nova produção dos estúdios Paramount e New Regency tem como responsável pelo roteiro John Logan, de Gladiador. Liam Neeson está cotado para ser o antagonista, mas ainda não confirmou.
Aronofsky disse por que acredita tanto na importância de contar a vida de Noé: “Esta história épica de fé provocou a imaginação de incontáveis ​​gerações. Minha esperança é que eu possa abrir uma janela para mostrar ao mundo a paixão e a perseverança de Noé”.

Em meio a uma crise no meio da indústria cinematográfica, os estúdios estão cautelosos em fazer grandes investimentos. Mas o filme sobre Noé se encaixa no mandato da Paramount para fazer filmes com apelo global.
E ele não é o único, para 2013 também está previsto “Êxodo”, produzido por Steven Spielberg e que pretende contar história a Moisés.

Recentemente, um estudo sobre cinema indicou que os filmes com valores cristãos arrecadam mais que os outros.
Ao que parece os grandes estúdios estão dispostos a investir pesado nesse filão.

Texto Traduzido e adaptado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, dúvidas, sugestões, elogíos e críticas. Nós o responderemos o mais rápido possível!